Pernambuco – Nosso Roteiro de 8 dias – Parte II

Conteúdo:


Porto de Galinhas – Curiosidades
Enotel Acqua Club
A Praia de Porto de Galinhas Próxima ao Hotel
Onde Passear em Pernambuco
Praia de Cupe
Praia de Muro Alto
Piscinas Naturais de Porto de Galinhas
Praia de Calhetas
Praia Pedra do Xaréu
Praia de Maracaípe
Restaurante Beijupirá
Instituto Ricardo Brennand


Porto de Galinhas

Antigamente, Porto de Galinhas era chamada Porto Rico, devido à extração de Pau Brasil. Quando os escravos chegavam para serem vendidos, contrabandeados, vinham escondidos embaixo de engradados de galinhas d’angola. A chegada dos escravos na beira mar era anunciada pela senha “Tem galinha nova no Porto!”1.

Pertence ao município de Ipojuca. Ao comprar as passagens havíamos decidido que essa viagem teria um mix de descanso, leia-se ficar um pouco no hotel, e passeios por isso optamos por um Resort All Inclusive e o escolhido foi o Enotel Acqua Club.

1 Fonte: Destino Porto de Galinhas – http://www.destinoportodegalinhas.com.br/porto-de-galinhas/porto-de-galinhas-historia.php. Pesquisado em Mar’17

Topo


Enotel Acqua Club

O hotel possui quartos amplos, limpos, TV com acesso a Netflix (usando a sua senha) todos os quartos possuem sacadas. Ficamos em um com uma vista linda para o parque aquático. A comida é boa, padrão resort, tudo em grande quantidade e variada, comemos à vontade o dia todo. Nos bares sempre tem uma comidinha e ainda tem o Restaurante Siri para as crianças que às 17 horas  serve um lanche da tarde bem reforçado. Máquinas com água mineral e água de coco geladinha com fácil acesso, as outras bebidas você precisa pedir nos bares, mas é tudo fácil e rápido. Esse hotel tem um bom custo-benefício.  Nós fizemos os cálculos e acabou ficando mais barato a hospedagem no resort do que a Pousada em Carneiros por conta das bebidas e comidas. Vale ressaltar que não gostamos de cerveja ou caipirinha! 🙂 O Hotel possui copa baby e servem sopinhas às 18 horas para os bebês, tem esterilizador de mamadeiras! 😉

Piscinas e Parque Aquático: São três piscinas perto do bar molhado, que ficam bem cheias! Mas logo atrás do Enotel Convention tem mais um complexo de piscinas que estava praticamente vazio.

O Parque Aquático é muito bacana, nossa filha amava brincar nos brinquedos infantis, a piscina é bem rasa e você consegue ver facilmente as crianças! O escorregador largo branco possui uma altura limite de 1,20 metros. O Rio lento é bem gostoso para relaxar e as piscinas de onda também são muito bacanas. Nós fomos em tudo várias vezes e não estavam lotados.

Pontos negativos do Parque Aquático: abre muito tarde, por volta das 9:30 horas e fecha muito cedo! As bóias foram recolhidas no Rio Lento às 16:15 horas! A partir das 17:00 horas já estava tudo desligado e as 17:15 horas já começavam a jogar cloro.

Infra-estrutura: O hotel possui muitos banheiros espalhados, perto da área kids o banheiro é para as crianças , vasos sanitários e pias baixas, possui trocador  apenas um para adultos e deficiente. Achei todos  limpos. Possui dois parques, um próximo ao Restaurante Flor de Sal com brinquedos de plástico e outro próximo ao Restaurante Papoula com brinquedos de madeira e com árvores.

Os restaurantes comportam tranquilamente o número de hóspedes, o hotel estava bem vazio, apenas 1/3 das mesas do Restaurante Principal que é o Flor de Sal estavam em uso.

Os restaurantes temáticos são ótimos! Fomos no Nordestino e no Português, ambos tinham um cardápio muito bom e a comida estava excelente! Você tem direito a comer nos restaurantes temáticos de acordo com a quantidade de dias de hospedagem. Não se esqueça de fazer a reserva no primeiro dia de hospedagem.

Estacionamento: Como ficamos com o carro a viagem toda, utilizamos o estacionamento todos os dias, é preciso fazer uma pequena caminhada, o Resort não possui serviço de manobrista, é fácil estacionar e os carros ficam no sol.

Animação: Animação infantil fraca, nossa filha nem se interessou muito.

Todas as noites tinha um teatro infantil e um show para adulto, conseguimos ir a peça teatral do Frozen e confesso que eu fiquei impressionada com a qualidade do espetáculo. Acredito que todos devam seguir o mesmo padrão, então é algo que vale a pena, caso seu filho aguente ficar acordado!

Topo


A Praia de Porto de Galinhas Próxima ao Hotel

A praia é linda, com um faixa de areia larga e branca, porém o mar não é bom para ir com crianças, a correnteza é forte e o hotel coloca bandeiras sinalizando. Mas com o parque aquático do hotel eu te garanto que nenhuma criança vai querer ir para o mar!

Topo


Onde Passear em Pernambuco

Em Porto de Galinhas há um centro de Informações Turísticas, bem na frente dele já tem uma placa com a tábua das marés para o mês todo e ao lado dele um letreiro colorido de Pernambuco,  fica bem em frente a Restaurante Beijupirá.

Para programar suas férias acesse o site da Marinha para verificar a tábua das marés clicando aqui, lembrando que o Porto de Suape é o mais próximo de Porto de Galinhas.

Topo


Praia de Cupe

Pertence ao município de Ipojuca, praia com  ondas fortes , faixa de areia um pouco estreita e bem menos movimentada do que Porto de Galinhas, só passeamos por ela, não entramos no mar e não comemos nada, mas fotografei o único restaurante que vimos perto do local que entramos na praia.

Topo


Praia de Muro Alto

Os recifes protegem a praia e na maré baixa fica uma piscina.

Se você estiver com carro, coloque no GPS a praia de Muro Alto, passando o Nannai Residence vai ter uma rua de terra, entre nela e estacione ali. É a única entrada para a praia sem ser pelos resorts ou hotéis da região que encontramos. Valores em janeiro de 2017 R$ 30,00 pelo uso do guarda sol e mais R$ 30,00 por meia hora de Stand Up Paddle.

São três dicas que valem para esse passeio: ver o horário da maré baixa, pechinchar e ir cedo! A praia fica cheia e como a rua é pequena fica bem difícil estacionar, nós chegamos por volta das 9:30 horas e deu para aproveitar bem. Após pechinchar conseguimos pagar R$60,00 pelo uso do guarda-sol e uma hora de stand up paddle! Lembre-se de levar dinheiro. O pessoal que fornece guarda sol e as pranchas são bem bacanas, nos ensinaram a usar a prancha e forneceram colete salva vidas para a Sofia que já sabe nadar! Achei que são pessoas bem responsáveis, algumas pessoas estavam chegando muito perto dos Recifes com as pranchas e eles apitavam pedindo para se afastarem.

Topo


Piscinas Naturais de Porto de Galinhas

Para ir de carro coloque no GPS Rua Caraúna ou Rua da Posteação, onde você encontrar uma vaga estacione e vá andando em direção à praia. Lembre-se de observar o horário das tábuas das marés, o horário marcado no site é a baixa mínima, o ideal é que você esteja pelo menos uma hora antes no local, pois quando a maré começa a subir a areia agita e a água não fica tão cristalina!

Existem duas opções de passeios:

  • Gratuito: Você vê as piscinas naturais, mas não pode nadar nelas. O número de visitantes é limitado, você fica na fila e recebe uma pulseira, o que eu achei muito bom, os funcionários só entregam as pulseiras para quem está na fila, não pode reservar lugar! São liberados 50 visitantes por vez, você recebe uma pulseira em que os funcionários conseguem monitorar o tempo em que você está lá e os funcionários também explicam onde pode e onde não pode pisar. Ficamos na fila por uns 5 minutos, mas estávamos com bolsas e a ainda teríamos que carregar a Sofia, nossos chinelos e ficar de olho quando a maré começasse a subir. Achei complicado ir dessa forma com criança.
Saída para as Piscinas Naturais com pulseira
  • Jangada: Você paga 25,00 por adulto e R$ 15,00 criança acima de 4 anos, tem o caixa oficial bem em frente a saída das jangadas, não adianta querer pechinchar, pois o preço é tabelado.  Eles possuem uma estrutura muito boa, inclusive para cadeirantes.

Na jangada vão de 9-12 pessoas, fornecem colete salva-vidas para as crianças é bem raso, o jangadeiro não rema, ele apoia o remo na areia no fundo e empurra :-), lembrando que isso só se aplica a maré baixa.

O jangadeiro nos leva para ver as piscinas formadas no meio do coral (a mesma que você vê se for no passeio a pé e grátis), não se esqueça de levar chinelos ou crocs (acho até mais seguro para crianças), no meio do coral tem muitos ouriços. No passeio de jangada você pode deixar sua bolsa na jangada depois ele nos leva para um local onde podemos mergulhar nas piscinas naturais, esse passeio não pode ser feito se você for com a pulseirinha (passeio grátis). E nesse local lindo, você ainda encontra fotógrafos profissionais que fazem fotos subaquáticas maravilhosas! Só vale a pena fazer se as crianças já souberem nadar. Fizemos as fotos com o Jonas, R$100,00 por 30 fotos com qualidade profissional. Você paga em dinheiro ou cheque no quiosque bem em frente onde compra os ingressos das jangadas e a noite já recebe as fotos no seu e-mail.

O passeio vale muito a pena e é seguro para fazer com crianças, eu não levaria bebê pequeno, com menos de 6 meses.

Mapa do Brasil nas Piscinas Naturais, Acesso para Cadeirantes e fotos do fotógrafo

Topo


Praia de Calhetas

Essa praia já pertence ao município de Cabo de Santo Agostinho, vá de carro ou de buggy, é fácil chegar com o Waze, a estrada é de terra, atente-se as paisagens, a vista é linda! Antes de chegar a praia você já verá o ponto de saída da tirolesa, eu e meu marido não nos animamos para descer! Para quem vai com filho adolescente deve ser bem legal! Continuamos na estrada até avistarmos um estacionamento improvisado, ali na rua mesmo, paga-se R$ 5,00 por carro e você desce a pé até a praia, é uma descida bem íngreme. Com um certo grau de dificuldade e esforço dá para ir com carrinho de bebê. A praia tem estrutura para receber os turistas e é linda. O mar é fundo, mas tranquilo para ir com crianças.

Topo


Praia Pedra do Xaréu

Mais uma praia do município de Cabo de Santo Agostinho,  segundo os locais ela tem esse nome por conta da quantidade de peixes xaréu encontrado na região. Ela fica próxima a Recife, é possível avistar os prédios da capital Pernambucana. O Waze nos levou certinho para a piscina natural da praia, protegida pelos recifes. Só vimos um restaurante nessa área da praia, que fica bem para o lado direito. Vale a pena dar uma passada por lá. A faixa de areia é larga e a areia é bem fofa, há várias pedras no final da praia e uma placa avisando sobre o perigo da forte correnteza.

Topo


Praia de Maracaípe

A Praia de Maracaípe pertence a Ipojuca, no final do dia fomos ver o pôr do Sol no Pontal do Maracaípe, programe-se para chegar no local entre 16:30 e 17 horas, coloque no waze e estacione bem perto da rotatória ao final da rua, siga em direção à praia e depois vá para o lado direito, ali você encontrará um lugar lindo, repleto de coqueiros e verá o encontro do mar com o rio. O pôr do sol por ali é um espetáculo da natureza. A praia em si é muito agitada para crianças, mas no rio dá para se banhar.

Topo


Restaurante Beijupirá

Quando ficamos em resorts dificilmente saímos para almoçar, mas nós fomos conhecer o famoso Beijupirá e adoramos! Comida boa e o ambiente é a cara do Nordeste, colorido, alegre! Restaurante testado e aprovado! Só não possui parquinho e trocador, mas ele tem redes o que garante uma certa diversão para as crianças.

Fotos dos nossos pratos

Topo


Instituto Ricardo Brennand

É uma mistura de Galeria de Arte, com Museu, com Pinacoteca, Biblioteca, tem até um museu de cera. Tudo isso dentro de um Castelo com um paisagismo lindo! Possui estacionamento gratuito e café.

A foto aérea é do site oficial do Instituto

Vale a pena visitar, na época da nossa viagem estava em cartas as obras de “Frans Post e o Brasil Holândes”, “O Julgamento de Fouquet” e “Paisagens Brasileiras do Século XIX”, na Pinacoteca.

Ele está localizado na cidade de Recife, abre de terça a domingo das 13:00 às 17:00 horas. Os ingressos custam R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia- entrada). Você pode alugar fones de ouvido para visitas guiadas, nós seguimos o mapa.

O local tem tantas obras lindas que foi difícil selecionar poucas fotos. 😉

Topo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *